quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

anita baker, diva.

Anita Baker - Biografia

Vencedora de múltiplos prêmios Grammy, compositora, produtora, mãe e super estrela no mundo todo - refletiu bastante antes de considerar-se pronta para colocar o show na estrada novamente. Mas por fim, no início de 2003, a mulher que fez nascer canções de amor e clássicos como “Giving You The Best That I Got”, “Just Because” e “Fairy Tales” juntou sua enxuta seção de ritmo e suas fiéis backing vocals e ensaiou, torcendo para iniciar um alarde e ver se o timing estava certo para um retorno. Ela acreditou que sua volta seria como a de muitos cantores que, se talentosos o suficiente, têm a oportunidade de dar uma pausa e voltar ao que melhor sabem fazer. Sua “pausa” já passava de 10 anos e o tom e textura da indústria havia mudado. Os cantores eram jovens e flexíveis; boa parte das músicas eram banais e questionáveis. Anita se perguntava se, caso voltasse, seria bem aceita. E ela foi. Foi porque a maioria dos cantores não são Anita Baker.

Logo que decidiu voltar aos palcos, anfiteatros e arenas, legiões de fãs vieram correndo, levando a 8 vezes vencedora do Grammy ao redor do mundo, diante de multidões de animados amantes da música que estavam tão estupefatos com sua volta quanto haviam ficado atordoados com sua despedida. “Precisei parar um pouco para descansar, cuidar de minha família e simplesmente passar um tempo com Anita, meu marido e filhos.” Mas durante essa pausa, sua voz ímpar e estelar ainda podia ser fielmente ouvida em estações de rádio de R&B, Jazz e Música Contemporânea país afora. No entanto, a coisa mais peculiar é que o gênero rap/hip-hop, conhecido como a Consciência da Música e que freqüentemente fala de coisas que outros não abordariam, parecia anunciar a volta de Anita antes de qualquer um, fazendo referência a ela em muitas músicas, incluindo o recente nº1 single “Slow Jamz” de Twista e Kanye West. Seu nome é tão forte que ela é a única artista citada na canção apenas por seu primeiro nome. ANITA. Agora esse ícone musical juntou-se à ilustre lista da Blue Note Records, com seu muito esperado projeto, MY EVERYTHING.

A estréia de Anita pela Blue Note Records, MY EVERYTHING, é simplesmente isso, uma reunião dos melhores atributos de Anita Baker - cantora, compositora, produtora - envoltos por uma exuberante embalagem de dez (10) brilhantes canções. Seus trabalhos não são apenas prazer auditivo. Algo em sua música é visceral e palpável e você não simplesmente escuta, mas sente, você visita a música e ela te arrasta. O primeiro single, “YOU’RE MY EVERYTHING”, mostra que o surpreendente alto da cantora é claro e cheio. Produzido pelo diretor musical e peso-pesado da indústria Barry Eastmond (como a maior parte do projeto), algo sobre a música é familiar e fará você cantar junto a partir do segundo verso. É amor caloroso que faz com que você se sinta em um show ao ar livre, desejando que dias assim nunca acabem.

Outras maestrosas obras-primas do projeto incluem “LIKE YOU USED TO DO”, um dueto com o colega cantor/compositor/produtor Babyface. A canção já é um genuíno sucesso, só com a brilhante união destes dois gênios do amor. É um doloroso conto de um casal que parece perceber que tinha algo de bom. A música implora para ser ouvida e audaciosamente dá um passo à frente como um hino para tentar com mais força, em nome do amor, nesses tempos de casamentos instantâneos e separações temperamentais. “SERIOUS” é a única música em MY EVERYTHING que Baker não teve papel na composição. A canção foi escrita por Dawn Thomas, que compôs “Only For A While”, de Rhythm of Love (1994) e os dois, que nunca se conheceram ou se falaram, parecem estar em sintonia. “I CAN’T SLEEP”, maduro e sexy em seu tom, foi originalmente escrita pelos Yellowjackets e gravada ao vivo com os músicos e Anita simultaneamente. Parece a cantora em seu auge - pranteando e brincando com sua banda e nos levando às alturas, com amor, pelo amor! É cheia de soul. É cheia de jazz. É pura. É forte. É o que está faltando desde sua despedida: uma paixão inalterada por AMOR! Mas o destaque da seleção do projeto é “MEN IN MY LIFE”.

Escrita por Anita Baker, mas cantada pela Sra. Anita Bridgeforth (seu nome de casada) e dedicada a Walter Sr., Walter Jr. e Eddie (seu marido e dois filhos), “MEN IN MY LIFE” é algo tão doce e sincero, poderoso e tão comovente que talvez nunca tenhamos ouvido antes em música: Um Verdadeiro Tributo à Família. Uma esposa amorosa, sabendo que é reverenciada mundo afora e adorada por milhões, pausa, mesmo se preparando para voltar à música com glorioso triunfo, para centrar-se, assegurar sua família e nos informar enquanto esperamos por sua chegada, que sua mais verdadeira e triunfal alegria na vida é o amor dos homens de sua vida. Oferecida em uma voz tão honesta e vulnerável que você quase pode ouvir as lágrimas de felicidade escorrendo pelo rosto de Anita, essa composição aquieta qualquer voz que queira saber por que uma das mais consistentes compositoras ficou tanto tempo afastada. “MEN IN MY LIFE” fala de prioridades e as de Anita têm sido claramente de construir uma família maravilhosa. Agora, “já que os garotos cresceram”, Anita decidiu “que queria a alegria musical de volta” e ela está pronta para voltar ao jogo em seus próprios termos, como fez desde o início.

Anita Baker nasceu em Detroit, Michigan, sempre vista como uma aposta certeira da música, e começou a cantar na igreja e mais tarde em grupos de Detroit, antes de fazer um show com o Chapter 8 (“era a banda mais QUENTE do lugar!”) com quem teve o hit “I Just Wanna Be Your Girl” no início dos anos 80. Anita depois seguiu carreira solo e gravou a coleção clássica The Songstress (“Angel” e “No More Tears”) antes de encontrar seu caminho para o Elektra Entertainment em uma parceria que durou uma década e que deu à luz projetos completamente perfeitos como Rapture, Giving You The Best That I Got, Compositions e The Rhythm Of Love, aperfeiçoando um forte songbook que inclui obras-primas como “Watch Your Step”, “Been So Long”, “Lead Me Into Love”, “Talk To Me”, “Body and Soul” e “I Apologize”. Sua casa é repleta de prêmios Grammy, Soul Train, NAACP Image, Billboard e Rolling Stone e ela foi proclamada uma das maiores artistas de nossos tempos.

Com MY EVERYTHING, Anita Baker está pronta para retornar à vanguarda da música, onde é um destaque desde sua estréia. Evidência de seu impacto pode ser ouvida em qualquer lugar, como “YOU’RE MY EVERYTHING”, o primeiro single, que ressoa de casas de praia e grandes picapes transitando por ruas urbanas. O sentimental alto de Anita Baker sempre foi algo especial para a música. Ela tem nos dado o melhor que tem por quase duas décadas, e justamente quando outros cantores estariam velejando em seu legado, Anita Baker volta para nos dar tudo de si com uma pura e forte seleção. Prepare-se para dar boas-vindas a MY EVERYTHING em sua coleção de melhores e favoritos, que é exatamente onde Anita Baker, e seu estilo clássico, pertencem.

Origem: http://www.lastfm.com.br/music/Anita+Baker/+wiki

Veja e ouça: no one in the world - talk to me - fairy tales

its been you - my everything - my everything (2) - its been you - sweet love

same ole love - rapture of love - e mais... - lista de reprodução youtube.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

samba de luto - denise de carvalho morreu aos 59 anos

Denise de Carvalho era um dos nomes da Velha Guarda da Unidos do Peruche, tradicional Escola de samba Paulista. A morte ocorreu na festividade para escolha dos Cidadãos Samba ocorrida na quadra da A. C. S. E. S. M. Camisa Verde e Branco.



Pois é, soube da notícia da passagem dessa grande dama no início da noite de sábado. Como consolo, atentemos para o fato de que ela se despediu numa quadra de escola de samba, em um momento de celebração da gente do samba, da qual era Denise um fidedigníssima representante.

Denise, Embaixatriz do Samba paulista, decerto, partiu com o dever cumprido. Vai juntar-se a muitos outros, dos nossos; vai, após cumprir todo o ritual da passagem integrar o panteão dos ancestrais.

Salve salve salve, Denise de Carvalho, dama do samba, baluarte do G. R. C. e S.. E. S. Unidos do Peruche!!!